A Academia de Letras do Triângulo Mineiro



Sede da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, na Rua Lauro Borges, nº 347, em Uberaba


Idealizada por um grupo de intelectuais e escritores de Uberaba, a Academia de Letras do Triângulo Mineiro – ALTM foi fundada em 15 de novembro de 1962, através de uma reunião realizada na sede da Sociedade Rural do Triângulo Mineiro, atual ABCZ, então situada na Rua Manoel Borges, nº. 84, sob a Presidência de José Mendonça, coordenador do movimento para a sua fundação, ocasião em que foi sugerido e, posteriormente, aprovado o seu estatuto: “(...) Tem por finalidade a cultura da língua, da literatura, especialmente do Triângulo Mineiro, e o estudo dos problemas sociais e científicos, a união dos intelectuais do Brasil Central, a difusão de suas obras e conhecimentos gerais (...)”




    
José Mendonça, Edson Gonçalves Prata e Monsenhor Juvenal Arduini, idealizadores do projeto.


Reconhecida de Utilidade Pública Municipal, pela Lei nº. 1.125, de 21 de setembro de 1963; e Utilidade Pública Estadual pela Lei nº. 9.470, de 21 de dezembro de 1987, a ALTM constitui-se de 40 membros efetivos, além dos sócios correspondentes até o máximo de 40.

A candidatura à vaga na Academia ocorre através de inscrição espontânea do candidato ou por indicação de cinco acadêmicos, posteriormente submetida ao parecer de uma comissão constituída de cinco membros, nomeada pelo Presidente da ALTM. As vagas somente surgem em caso de falecimento de um acadêmico.

A eleição é praticada por voto secreto, em Assembléia Geral. Cada cadeira tem o seu Patrono, que foi indicado pelo seu respectivo sócio fundador, ou pelo primeiro acadêmico que dela tomou posse. A escolha do Patrono, embora de livre vontade dos acadêmicos, teria que ser, necessariamente, de um intelectual ilustre das letras brasileiras, de preferência vinculado ao Estado de Minas Gerais e em especial à região triangulina.

A ALTM foi instalada, de forma solene, em 22 de dezembro de 1962, no Salão Nobre da Associação Comercial e Industrial de Uberaba, com posse de sua primeira diretoria, eleita em 25 de novembro daquele ano, biênio 63/ 64; e de seus acadêmicos fundadores.




ABL - Notícias

ALTM - Notícias


Jornal Eco
© Copyright 2010/2011 - Academia de Letras do Triângulo Mineiro. Todos os direitos reservados.